Home / Blog / Boa forma / Vantagens e desvantagens do adesivo anticoncepcional

Vantagens e desvantagens do adesivo anticoncepcional

Prático e seguro, o método evita o esquecimento e diminui os efeitos colaterais que são comuns no uso da pílula
O adesivo anticoncepcional contém os mesmos hormônios e é tão eficaz quanto a pílula anticoncepcional.

Para iniciar o tratamento, o adesivo deve ser colado no primeiro dia da menstruação, permanecendo na pele durante uma semana. A cada três semanas deve-se fazer uma pausa de uma semana, que é quando ocorre a menstruação.

Pode ser colocado em locais como barriga, braço, nas costas ou nas nádegas. Não é indicado aplicar o adesivo anticoncepcional nos seios ou em partes do corpo sob constante atrito, como na sola dos pés ou onde geralmente ficam os elásticos de roupas íntimas.

publicidade
Vantagens
Com o adesivo, a mulher não precisa tomar a pílula todo dia e o risco de esquecimento diminui. Entre as vantagens do adesivo anticoncepcional também está a redução dos efeitos colaterais causados pela pílula oral, já que em contato com a pele os hormônios são absorvidos diretamente pela circulação.

Outro ponto positivo é que o efeito só dura para o mês em que a mulher usar o adesivo. Ao parar de aplica-lo ela retoma a fertilidade e pode engravidar, diferentemente do anticoncepcional injetável, em que a fertilidade só se normaliza depois de seis meses.

Desvantagens
Algumas mulheres não conseguem se adaptar ao método e o incômodo se torna uma das desvantagens do adesivo anticoncepcional.

Apesar de serem menores as chances, outro ponto negativo é que o adesivo pode causar efeitos colaterais como náuseas, dores de cabeça, desconforto abdominal e cólica menstrual, que são comuns no uso dos anticoncepcionais orais. No início ainda podem ocorrer pequenos sangramentos fora do intervalo.

O custo também pode ser outra desvantagem, já que o preço do adesivo anticoncepcional é um pouco maior que as pílulais orais.

Scroll To Top