Home / Dicas e cuidados com a pele / A importância do protetor solar na saúde da pele

A importância do protetor solar na saúde da pele

Vai se exercitar ao ar livre? Não se esqueça do filtro solar em todas as partes do corpo!

protetor-solarPara quem não gosta de academia, atividades físicas ao ar livre são boas opções na busca por um estilo de vida saudável. Além de permitirem um contato único com a natureza, esses exercícios costumam exigir mais energia e, consequentemente, também queimam mais calorias. No entanto, quando praticadas durante o dia, a exposição direta aos raios solares traz inúmeros malefícios para a saúde, como o risco de queimaduras, e exige um cuidado redobrado com a proteção de todas as partes do corpo.

Por que a proteção solar é fundamental durante a prática de esportes?
É comum que, durante exercícios externos, os praticantes usem roupas leves e deixem partes do corpo descobertas para facilitar os movimentos. Assim, a pele fica mais exposta às radiações do sol. Mas não só isso! “A poluição e os raios infravermelhos, provenientes da sensação térmica, também são aspectos que prejudicam muito a qualidade da pele”, explicou a dermatologista Juliana Neiva, do Rio de Janeiro.

Reaplicado a cada duas horas, sobretudo em atividades mais longas, o filtro solar deve ser usado em qualquer momento do dia. “Enquanto houver luminosidade, há necessidade de se fotoproteger”, destacou. A dermatologista ainda ressalta que mesmo nos horários mais seguros (antes das 9h e depois das 16h) o uso do protetor é necessário e precisa ser reforçado nos momentos mais quentes (das 9h até 16h). “Quanto maior a exposição nos horários de maior incidência solar, mais agressivo para a pele”, concluiu.

Saiba qual a textura ideal do protetor solar para atividades ao ar livre
É inevitável: durante a prática esportiva, o suor pode ser um grande empecilho para a proteção solar em várias partes do corpo e, além disso, a reaplicação é necessária. “Também é interessante evitar texturas muito pesadas, pois são desconfortáveis nessa situação”, concluiu a dermatologista, que indica o uso de filtros em loção, com boa espalhabilidade e absorção, de forma a facilitar a aplicação nas áreas expostas do corpo.

Não se esqueça de proteger todas as áreas do corpo, como o colo, os braços e as pernas, com FPS superiores a 50 para garantir a fotoproteção adequada. Já no rosto, uma aderência maior do filtro é essencial.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Scroll To Top